UNS AOS OUTROS NO NATAL

Pr. Fabricio Fukahori

Mais um final de ano, o natal se aproxima e com ele vem acompanhado visitas aos shoppings, lojas, compras de presentes e muita confraternização com troca de presentes entre colegas de trabalho e nas famílias.

Diante desta realidade, como tem sido sua celebração natalina? Todos sabemos o que significa o Natal, mas isso nem sempre nos leva há uma reflexão do impacto do nascimento de Jesus em nossas vidas e para todo mundo.

O nascimento de Jesus, o Cristo, significa o cumprimento de uma promessa de Deus, de que Ele enviaria aquele que salvaria seu povo de seus pecados. Mas Jesus não foi simplesmente um homem que Deus enviou até nós, ele é o próprio Deus encarnado que resolveu, por amor, viver e conviver conosco. Nos mostrou o que é de fato ter vida verdadeira uns com os outros.

Como o apóstolo João disse em sua primeira epístola: “Estamos escrevendo a vocês a respeito da Palavra da Vida, que existiu desde a criação do mundo. Nós a ouvimos e com os nossos próprios olhos a vimos. De fato, nós a vimos, e as nossas mãos tocaram nela. 2Quando essa vida apareceu, nós a vimos. É por isso que agora falamos dela e anunciamos a vocês a vida eterna que estava com o Pai e que nos foi revelada. 3Contamos a vocês o que vimos e ouvimos para que vocês estejam unidos conosco, assim como nós estamos unidos com o Pai e com Jesus Cristo, o seu filho. 4Escrevemos e isso para que a nossa alegria seja completa.” (1ª João 1:1-4).

Natal é o Deus encarnado que veio tocar em nós apesar da nossa sujeira, é o Deus, que de forma generosa veio ser o alimento que precisávamos, ser o pão da vida para que pudéssemos ter vida.

O Natal deve ser expressado por meio do “uns aos outros”, para que nesta relação mútua possamos viver como ele vive entre nós. De forma generosa se entregando por amor.