QUE SEJA NOVO!

Mais um ano se foi em nossa história. Como foi 2017 em sua vida? Nem todos gostam de fazer uma retrospectiva de sua própria vida, de seu ano. Mas penso que se encararmos de forma madura, podemos tirar bom proveito de momentos onde ciclos se fecham e novos recomeços surgem.

O que será que acontece entre o dia 31 de dezembro e o dia 1º de Janeiro de um novo ano? Dependendo de como eu olhar esta mudança no calendário nada muda, é só mais um dia e a vida segue em frente. Mas este simbolismo que a virada de ano nos traz pode nos ajudar a recomeçar algo novo e diferente.

Refletir sobre o ano que passou nos faz ver o quanto Deus nos abençoou. Afinal de contas estamos aqui, vivos, entrando em mais um ano. Proteção, provisão, direção, oportunidades para abençoar e ser abençoado. Deus nos deu pessoas novas em nossa Igreja, mas também testemunhamos coisas novas nas pessoas. Salvação, transformação, crescimento na Palavra e no serviço à Deus.

Quando fazemos esta retrospecção do ano findado, inevitavelmente encontramos tudo aquilo que lutou contra nossa caminhada com Cristo. Hábitos ruins que nos acompanham e que em nada contribui para o nosso desenvolvimento, pecados que precisam ser abandonados para que nos santifiquemos à semelhança de Cristo.

Certamente devemos continuar fazendo tudo aquilo que agradou a Deus no ano de 2017, mas para que 2018 seja realmente novo e melhor, precisamos decidir fazê-lo um tempo novo. Sempre podemos ser melhores. Deus quer isso.

“E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas”. (II Coríntio 5:17)